Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

27
Jan21

Fungo-coral

Arca de Darwin

A primeira coisa em que reparamos quando olhamos para estes fungos é que se parecem com corais. Tanto o nome comum — fungo-coral — como o do género — Ramaria (ram = ramo; aria = com) — traduzem essa evidência.

ramaria sp 1.jpg

Este género tem várias espécies que só se distinguem ao nível microscópico, e cujas cores variam entre o amarelo, vermelho, laranja, roxo branco e cinzento. Um artigo publicado este ano contabilizava 336 espécies em todo o mundo.

ramaria sp 2.jpg

ramaria sp 3.jpg

Alguns são comestíveis; muitos são tóxicos.

ramaria sp 4.jpg

ramaria sp 5.jpg

Crescem sobre madeira enterrada e o carpóforo (corpo frutífero) pode chegar aos 15 centímetros de altura e 25 de diâmetro.

ramaria sp 6.jpg

ramaria sp 7.jpg

ramaria sp 8.jpg

 

31
Dez20

Olhares de 2020

Arca de Darwin

Em ano de pandemia, as máscaras limitaram as expressões que vemos nos outros aos olhos. Foi isso que o artista britânico D*Face quis retratar neste longo mural intitulado It's All in the Eyes. Pintado a pincel e rolo em Novembro de 2020, fica na Av. Aquilino Ribeiro Machado, junto à Estação do Oriente, no Parque das Nações, em Lisboa. A obra serviu também para projectar a 4.ª edição do festival MURO, que decorrerá entre 22 e 31 de Maio de 2021 nesta zona da cidade.

Feliz Ano Novo!

dface 1.jpg

dface 2.jpg

dface 3.jpg

dface 4.jpg

dface 5 a.jpg

dface 5.jpg

dface 6.jpg

dface 7.jpg

dface 9.jpg

dface 10.jpg

dface 11.jpg

 

12
Dez20

Gaiola-de-bruxa ("Clathrus ruber"): do ovo ao cogumelo esburacado

Arca de Darwin

Quando aqui falei da gaiola-de-bruxa (Clathrus ruber) — também conhecida por clatro-vermelho e lanterna-das-bruxas — ainda só tinha fotografado um exemplar danificado. Entretanto encontrei vários outros exemplares que permitem ver o desenvolvimento da espécie (a parte acima do solo) desde o ovo ao cogumelo adulto.

Clathrus ruber 1.jpg

O ovo mede até 6 centímetros de diâmetro e o cogumelo adulto pode chegar aos 20 centímetros de comprimento.

Clathrus ruber 2.jpg

Clathrus ruber 3.jpg

O ovo é branco e a sua superfície é irregular.

Clathrus ruber 4.jpg

Clathrus ruber 5.jpg

Clathrus ruber 7.jpg

Clathrus ruber 8.jpg

Clathrus ruber 9.jpg

Clathrus ruber 10.jpg

O fungo maduro é cor de laranja ou vermelho.

Clathrus ruber 11.jpg

Clathrus ruber 12.jpg

Clathrus ruber 13.jpg

Clathrus ruber 14.jpg

Clathrus ruber 15.jpg

O cheiro a carne podre serve para atrair insectos que depois de se alimentarem da gleba partirão com os esporos agarrados às patas.

Clathrus ruber 16.jpg

Clathrus ruber 17.jpg

Clathrus ruber 18.jpg