Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

30
Ago13

Esculpir com motosserra (Andanças 2013)

Arca de Darwin
Parece impossível que os contornos delicados daquelas belas figuras de animais e de humanos extraídos da madeira resultem de algo tão rude como uma motosserra.No entanto, é mesmo isso que acontece, ali bem à frente dos nossos olhos, graças ao talento de Nelson Ramos, 40 anos, entalhador e escultor de madeira.

Peça de Nelson Ramos. Andanças, Castelo de Vide (Agosto de 2013)

Artesão há 20 anos, Nelson começou a usar a motosserra há apenas três anos. É com este parelho que esculpe aquilo a que chama o “esboço” de uma peça, embora ao olhar de um leigo pareça já uma obra bem acabada. “Vi um vídeo no Youtube sobre esculturas com motesserra e resolvi experimentar. Antes demorava 10 a 12 dias a terminar um esboço. Com a motosserra faço um a dois esboços por dia”, justifica.

Encontrei Nelson no Andanças, Castelo de Vide, onde esteve toda a semana a trabalhar, surpreendendo os milhares de festivaleiros que por ali passaram. Ninguém ficou indiferente às esculturas.

“A reacção das pessoas foi muito além do que esperava. Recebi muitos elogios e houve até um jovem que veio ter comigo e agradeceu-me por estar ali a mostrar o meu trabalho”, conta Nelson, visivelmente sensibilizado com a resposta do público. “O dinheiro é importante”, diz o escultor, “mas os elogios fazem muito bem à auto-estima”, conclui.Além das esculturas ele também cria peças de entalhe, para as quais utiliza formões, goivas e maços. Quanto à madeira, não tem uma preferida: “Trabalho com qualquer madeira. Posso usar uma por a cor ser mais bonita ou, se a peça tiver muitos acabamentos, opto por uma mais fácil de trabalhar”.

A arte de Nelson chegou aos ouvidos do vice-presidente da Câmara de Castelo de Vide. O autarca foi buscá-lo ao Marvão e instalou-o na sua vila. “Estou-lhe muito agradecido”, faz questão de salientar. É na Casa do Morgado que o artesão tem a oficina, a par de outros artistas, e onde trabalha de portas abertas, convidando quem passa a entrar e assistir. Na divisão ao lado fica a área de exposição, que serve como ponto de venda. “Os valores variam muito. Há peças que custam 10 euros e outras que chegam aos 5.000 euros”, informa.

As peças aqui retratadas decoraram as bermas dos carreiros no recinto do Andanças. Mas Nelson tem muitas outras. Para as conhecer visite o blog “Escultor de Madeira”, plataforma onde divulga os seus trabalhos.
29
Ago13

O extravagante percevejo-listrado

Arca de Darwin

Vermelho, com riscas pretas em cima e manchas pretas em baixo, este percevejo (Graphosoma lineatum) não passa despercebido. As cores vivas são um alerta para potenciais predadores, como as aves. A mensagem é simples: “Tenho um sabor horrível”.

Percevejo-listrado (Graphosoma lineatum), Odivelas, Agosto de 2013

É comum no sul da Europa. Por cá encontra-se facilmente nos baldios das cidades (como se vê nestas fotos tiradas ontem e hoje em Odivelas). 

Alimenta-se nas inflorescências de plantas como o endro (que é usado como erva aromática para temperar peixe e pertence à família Umbelífera).

Este insecto pertence à ordem Heteroptera, que apresenta asas córneas na base e membranosas nas pontas (daí chamaram-se hemiélitros).

Mede cerca de 10 milímetros.

28
Ago13

“Refrescar” – Andanças 2013 (nova galeria)

Arca de Darwin
Espreite a nova galeria - “Refrescar” - em Perspectivas.Há quem abra a boca para se refrescar. Os humanos têm várias estratégias: usam menos roupa; ligam ventoinhas e ar condicionado; comem gelados e ingerem bebidas frescas; e vão a banhos – na praia, no rio, na piscina ou, neste caso, no jacto de uma mangueira.

Festival Andanças, Agosto de 2013, Castelo de Vide

(Nota: Se algum dos “refrescados” quiser que retire a sua foto basta contactar-me)

27
Ago13

“I have a dream” – 50º aniversário

Arca de Darwin
Racismo é estupidez. A nossa cor apenas define a latitude onde viveram os nossos antepassados e a correspondente adaptação à exposição solar."I have a dream that my four little children will one day live in a nation where they will not be judged by the colour of their skin but by the content of their character.I have a dream today!", Martin Luther King, Washington, 28 de Agosto de 1963("Eu tenho um sonho que os meus quatro pequenos filhos viverão um dia numa nação onde não serão julgados pela cor da sua pele, mas pela qualidade do seu carácter. Eu tenho um sonho, hoje!")

Mapa das cores de pele indígenas

Amanhã celebra-se o 50º aniversário daquele que é, sem dúvida, um dos discursos mais famosos e relevantes da História. Proferido por Martin Luther King no Memorial de Lincoln, em Washington, contou com 200.000 activistas que participavam numa marcha do Movimento pelos Direitos Civis.

 A estação de rádio britânica BBC Radio 4 assinala o dia com a transmissão do discurso na íntegra (9:00 e 14:30 – horas locais). A voz de King abrirá e fechará a emissão. Pelo meio, várias personalidades envolvidas na luta pelos direitos humanos lerão passagens do discurso. Entre elas estarão o monge Dali Lama, o Nobel da Paz Muhammad Yunus, a cantora Joan Baez e Malala Yousafzai, rapariga paquistanesa de 16 anos alvejada por talibãs por ir à escola.
25
Ago13

Andanças 2013 – um pequeno contributo

Arca de Darwin
Regressei do Andanças com alguns momentos, histórias e paisagens para partilhar. Para já, agradeço à equipa que faz o jornal do festival a oportunidade que me deu para publicar uma fotografia nessa publicação e, assim, ter o prazer de contribuir para a grande festa que é o Andanças.Eis a foto original:

Festival Andanças 2013, Barragem de Póvoa e Meadas, Castelo de Vide

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Siga-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D