Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

27
Abr18

"Poseidon" em Santa Apolónia

Arca de Darwin

É uma das mais recentes peças de arte urbana da capital e fica no n.º 65 da Calçada de Santa Apolónia. Inaugurado este mês, o mural "Poseidon" tem assinatura da dupla espanhola PichiAvo, conhecida por aliar graffiti e arte clássica. Esta comunhão também está patente na exposição "Versus", que pode ser vista até dia 9 de Maio na galeria Underdogs (Rua Fernando Palha, 56, Lisboa).

Para os artistas espanhóis, o deus grego do mar, Poseidon (Neptuno para os romanos), é ideal para figurar nesta zona da cidade, junto ao rio por onde navegam tantos marinheiros.

22
Abr18

Cascata de Fervença - Sintra

Arca de Darwin

A cascata de Fervença (ou cascata da Bajouca) fica a cerca de 30 minutos de Lisboa. No final do IC 19 vira-se à direita para a N 9 e, alguns quilómetros mais à frente, a cascata fica logo a seguir ao cruzamento para a Terrugem, junto ao restaurante Baião (há uma seta a indicar a cascata, que fica 100 metros mais à frente, ao fundo da Rua da Bajouca e a seguir a um portão de madeira). Estava à espera que o cheiro fosse mais desagradável, mas até é bastante suportável, pelo menos nesta altura do ano. O cenário não é tão bonito e tranquilo como o da cascata de Mourão, mas esta cascata é mais fotogénica.

12
Abr18

Jardim Botânico de Lisboa - reabertura

Arca de Darwin

É sempre bom voltar ao Jardim Botânico, local onde tive várias aulas do curso de Biologia. O Jardim esteve fechado durante ano e meio e reabriu no sábado passado. O Orçamento Participativo da cidade serviu para, entre outras coisas, recuperar caminhos e vedações, e instalar um sistema de rega e de recolha de águas fluviais, que permitirá reduzir (e pagar) a conta da água. Infelizmente, o dinheiro não chegou para substituir as muitas placas de identificação das espécies que estão partidas ou ilegíveis.

Quanto à reabertura, não valeria a pena esperar pela conclusão das obras? Eu entretenho-me sempre no Jardim (como mostram as fotos deste post e do próximo), mas imagino que haja quem não goste de chegar a um espaço renovado e encontrar o piso de cima, alguns caminhos da parte inferior e o lago (e o Borboletário?!) fechados.

Mais sobre mim

foto do autor

Siga-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D