Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

30
Nov21

Luz de Outono

Arca de Darwin

Ao final do dia, os últimos raios de Sol ainda transmitem uma sensação de calor quando incidem nas folhas que, entretanto, vão perdendo os tons amarelados e ganhando tons avermelhados e acastanhados.

outono 2021 1.jpg

outono 2021 2.jpg

outono 2021 3.jpg

Quando o Sol desaparece no horizonte, a luz fria lembra-nos de que o Inverno já está aí ao virar da esquina.

outono 2021 4.jpg

outono 2021 5.jpg

Em breve todas estas folhas terão caído. Infelizmente, como é costume em inúmeros parques e jardins, nessa altura serão apanhadas e enfiadas em sacos de plástico em nome de uma suposta limpeza, em vez de se decomporem e nutrirem o solo que alimentou as árvores que as produziram (o site Leave Leaves Alone tem muita informação sobre a importância de, como o nome indica, deixar as folhas em paz).

outono 2021 6.jpg

outono 2021 7.jpg

outono 2021 8.jpg

outono 2021 9.jpg

outono 2021 10.jpg

 

19
Nov21

Festival Muro 2021

Arca de Darwin

Este é o quarto e último post sobre o Festival Muro 2021. O festival visa promover a arte urbana em Lisboa e esta foi a sua quarta edição, e teve lugar no Parque das Nações. As anteriores decorreram em Carnide (2016), Marvila (2017) e Lumiar (2019).

festival muro 2021 1.jpg

«Perspectives», de Mabel Vicentef

festival muro 2021 2.jpg

Mural de Mikolaj Rejs

festival muro 2021 3.jpg

«Unity», de Pedro Podre

festival muro 2021 4.jpg

festival muro 2021 5.jpg

O artista brasileiro Thiago Mazza inspirou-se nas flores selvagens, como o cardo, que encontrou na Ericeira.

festival muro 2021 6.jpg

«String Quartet», de Juan José Surace

festival muro 2021 7.jpg

festival muro 2021 8.jpg

festival muro 2021 9.jpg

«Mag Racers», de Rocket01

festival muro 2021 10.jpg

Mural de IAmEelco

festival muro 2021 11.jpg

«Together», de IAmEelco

festival muro 2021 12.jpg

festival muro 2021 13.jpg

 

«Florescer», de MOTS (aka, Diogo Ruas e Jagoda Cierniak)

festival muro 2021 14.jpg

Mural do colectivo MOTS

festival muro 2021 15.jpg

«Atlas, Mostra Alto o Mundo no seu Ombro», de Colectivo RUA

festival muro 2021 16.jpg

festival muro 2021 17.jpg

Mural de Daniela Guerreiro

festival muro 2021 18.jpg

Mural de Jacqueline de Montaigne; mural de Mariana Duarte Santos

festival muro 2021 19.jpg

«Bom dia, Filomena», de Stom500

festival muro 2021 20.jpg

festival muro 2021 21.jpg

festival muro 2021 22.jpg

«O RIO», de KRUS

festival muro 2021 23.jpg

Mural do colectivo Thunders Crew

festival muro 2021 24.jpg

«Orientemo-nos», de Pedro Loureiro Mojojojo

festival muro 2021 25.jpg

Mural de Já Sinto

festival muro 2021 26.jpg

 

«Better Together», de João Varela; e homenagem de Mr. Garpear às crianças de Santa Cruz de Islote

festival muro 2021 27.jpg

Para terminar, dois murais em que não consigo identificar os autores:

festival muro 2021 28.jpg

festival muro 2021 29.jpg

 

14
Nov21

Os anjos rebeldes de Jacqueline de Montaigne

Arca de Darwin

O Festival Muro 2021 encheu de arte urbana o Parque das Nações, em Lisboa. Começo por destacar este mural da autoria da anglo-portuguesa Jacqueline de Montaigne que, como a própria descreve na sua página no Instagram, «pretende alertar para causas ambientais através do artivismo*, simbologia e da celebração da fauna, da flora e da natureza como um todo».

j de montaigne 1.jpg

Intitulado Guardian Rebel VIII, o mural faz parte de uma série que começou em 2019 durante a iniciativa House of Beautiful Business, a qual reúne empresários, investidores, cientistas, filósofos e artistas que busca a humanização dos negócios.

j de montaigne 2.jpg

j de montaigne 3.jpg

No pescoço da mulher vemos o símbolo do Extinction Rebellion, movimento que tem procurado formas mais contundentes, e mais eficazes, de lutar pelo clima.

j de montaigne 6.jpg

*Artivismo — manifestação artística que se assume como forma de participação política e/ou social; arte militante (dicionário da Porto Editora)

j de montaigne 4.jpg

j de montaigne 5.jpg

 

08
Nov21

Outro Outono na Quinta das Conchas

Arca de Darwin

O Outono chegou em força à Quintas das Conchas (Lumiar, Lisboa). Esta altura é particularmente interessante porque grande parte das folhas ainda se mantém presas às árvores, em diferentes fases do seu amadurecimento. O resultado é que aqui e ali encontramos mosaicos vibrantes de manchas de cores/pigmentos diferentes.

outono_quinta_das_conchas 1.jpg

outono_quinta_das_conchas 2.jpg

outono_quinta_das_conchas 3.jpg

outono_quinta_das_conchas 4 a.jpg

outono_quinta_das_conchas 4.jpg

outono_quinta_das_conchas 5.jpg

outono_quinta_das_conchas 6.jpg

outono_quinta_das_conchas 7.jpg

outono_quinta_das_conchas 8.jpg

outono_quinta_das_conchas 9.jpg

outono_quinta_das_conchas 10.jpg

outono_quinta_das_conchas 11 a.jpg

outono_quinta_das_conchas 11.jpg

outono_quinta_das_conchas 12.jpg

outono_quinta_das_conchas 14.jpg

outono_quinta_das_conchas 15.jpg

outono_quinta_das_conchas 16.jpg

outono_quinta_das_conchas 17.jpg

outono_quinta_das_conchas 18.jpg

outono_quinta_das_conchas 19.jpg

outono_quinta_das_conchas 20.jpg