Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

30
Mar24

Mosca-das-flores-comum (“Episyrphus balteatus”)

Arca de Darwin

A mosca-das-flores-comum (Episyrphus balteatus) é um inseto migratório, e é mais uma espécie de moscas cuja cor e padrão imitam a cor e o padrão das vespas. Os adultos alimentam-se do néctar de flores amarelas (ou brancas ou cor-de-rosa) e as larvas alimentam-se de afídeos. Como todas as moscas, pertence à ordem Díptera, ou seja, tem apenas um par de asas. Mede 8 a 12 milímetros de comprimento.

mosca-das-flores-comum-1.jpg

28
Mar24

Arte urbana em Benfica

Arca de Darwin

Mural intitulado «Lḗthē» («esquecimento», em grego) da autoria do artista argentino Pastel (Francisco Diaz Scotto) na Rua Cláudio Nunes, em Benfica (Lisboa). Foi pintado em 2021 em parceria com a GAU (Galeria de Arte Urbana) e com a colaboração do Museu de História Natural e do Jardim Botânico de Lisboa, e representa quatro espécies de plantas que existem em Portugal e estão ameaçadas.

pastel lethe 1.jpg

 

 

07
Mar24

«Peace Guard» retocada

Arca de Darwin

Ao passar pela Graça, em Lisboa, fiquei um pouco surpreendido quando vi o mural «Peace Guard», do artista Shepard Fairey, que já partilhei aqui na Arca. Algo estava diferente. Grande parte do amarelo e do vermelho dera lugar ao azul. No ano passado, o artista estivera no nosso país por ter cá uma exposição e aproveitou para retocar a sua obra.

shepard fairey graca-1.jpg

 

 

04
Mar24

“Corvus”, de Alain Welter, em Lisboa

Arca de Darwin

O mural “Corvus” foi pintado em 2022 pelo artista luxemburguês Alain Welter na Rua da Bombarda, freguesia de Arroios, em Lisboa. Welter inspirou-se em alguns símbolos da capital como o corvo (o azul foi buscá-lo ao mar e aos azulejos), o pastel de nata, o chapéu de Fernando Pessoa e as cordas marítimas. Curiosamente, o corvo é também o símbolo da cidade de Welter — Kahler — no Luxemburgo.

corvus welter 1.jpg