Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

08
Dez21

A beleza outonal do chá-de-marrocos (“Bidens aurea”)

Arca de Darwin

Em pleno Outono, as belas flores brancas de centro amarelo do chá-de-marrocos (Bidens aurea) contrastam com o azul-esverdeado ou acinzentado da água, trazendo mais um pouco de alegria a esta estação.

Bidens aurea 1.jpg

O chá-de-marrocos, também conhecido por chá-de-espanha, é originário da América, de uma região que vai do sul dos Estados Unidos até à Guatemala. É, assim, uma planta exótica no nosso país, mas já está naturalizada, tanto cá como noutros países da Europa ocidental. (Diz-se que uma planta está naturalizada quando ela foi deslocada e passou a existir numa região onde antes não existia, e aí se mantém sem intervenção humana ao longo de vários ciclos de vida.)

Bidens aurea 2.jpg

Bidens aurea 3.jpg

Bidens aurea 4.jpg

Por ser uma planta bastante bela, é muito utilizada em jardins, e talvez tenha sido essa a causa da sua “dispersão”.

Bidens aurea 5.jpg

Bidens aurea 6.jpg

Felizmente, não parece ser muito invasora, pelo que podemos desfrutar sem remorsos da sua beleza nesta época em que as flores não abundam — a floração ocorre entre Agosto e Novembro.

Bidens aurea 7.jpg

Bidens aurea 8.jpg

Esta espécie da família Asteraceae cresce nas margens de lagos, rios e ribeiros. Costumo vê-la na ribeira de Odivelas e no lago do Parque da Paz, em Almada.

Bidens aurea 9.jpg

Bidens aurea 10 a.jpg

Bidens aurea 10.jpg

Mede entre 1,2 e 1,8 metros de altura.

Bidens aurea 11.jpg

Bidens aurea 12.jpg

Bidens aurea 13.jpg

Uma última nota: a espécie tem uma variante de pétalas amarelas (terá sido esta a razão para o “aurea” no nome científico) com pontas brancas.

Bidens aurea 14.jpg