Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

31
Ago12

A mensagem mais importante

Arca de Darwin
A revista SEED recupera o desafio lançado pelo físico teórico Richard Feynman* (1918 – 1988) numa palestra e pergunta a 11 eminentes pensadores de diferentes áreas: “Se um cataclismo levasse ao desaparecimento de todo o conhecimento científico, e se só pudéssemos passar uma frase às gerações futuras, que mensagem conteria a maior quantidade de informação, num menor número de palavras?”

Para Feynman o mais importante é que “todas as coisas são feitas de átomos, pequenas partículas que movem-se num movimento perpétuo (...)”. Entre as respostas dos 11 interpelados pela SEED destaca-se a teoria da Evolução. Numa altura em que a preocupação com a economia serve de pretexto para ignorar problemas ambientais e destruir recursos naturais, o galardoado ecologista Carl Folke, da Universidade de Estocolmo, Suécia, une na sua frase átomos, evolução e economia:

“Humans have a tendency to fall prey to the illusion that their economy is at the very center of the universe, forgetting that the biosphere is what ultimately sustains all systems, both man-made and natural. In this sense, ‘environmental issues’ are not about saving the planet—it will always survive and evolve with new combinations of atom—but about the prosperous development of our own species.”

(“Os humanos tendem a cair na ilusão de que a sua economia é o centro do universo, esquecendo que a biosfera é, em último caso, o que sustenta todos os sistemas, tanto os naturais como os criados pelo homem. Assim, “questões ambientais” não se referem a salvar o planeta – ele sobreviverá e evoluirá com novas combinações de átomos – mas têm que ver com o próspero desenvolvimento da nossa própria espécie”.)

 

*prémio Nobel da Física, autor de vários livros de divulgação científica, como Retrato de um físico enquanto homem e Está a brincar, Sr, Feynman!