Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

12
Dez20

Gaiola-de-bruxa ("Clathrus ruber"): do ovo ao cogumelo esburacado

Arca de Darwin

Quando aqui falei da gaiola-de-bruxa (Clathrus ruber) — também conhecida por clatro-vermelho e lanterna-das-bruxas — ainda só tinha fotografado um exemplar danificado. Entretanto encontrei vários outros exemplares que permitem ver o desenvolvimento da espécie (a parte acima do solo) desde o ovo ao cogumelo adulto.

Clathrus ruber 1.jpg

O ovo mede até 6 centímetros de diâmetro e o cogumelo adulto pode chegar aos 20 centímetros de comprimento.

Clathrus ruber 2.jpg

Clathrus ruber 3.jpg

O ovo é branco e a sua superfície é irregular.

Clathrus ruber 4.jpg

Clathrus ruber 5.jpg

Clathrus ruber 7.jpg

Clathrus ruber 8.jpg

Clathrus ruber 9.jpg

Clathrus ruber 10.jpg

O fungo maduro é cor de laranja ou vermelho.

Clathrus ruber 11.jpg

Clathrus ruber 12.jpg

Clathrus ruber 13.jpg

Clathrus ruber 14.jpg

Clathrus ruber 15.jpg

O cheiro a carne podre serve para atrair insectos que depois de se alimentarem da gleba partirão com os esporos agarrados às patas.

Clathrus ruber 16.jpg

Clathrus ruber 17.jpg

Clathrus ruber 18.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.