Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

15
Mai23

Passeio no Parque de Montachique

Arca de Darwin

Por esta altura, no Parque do Cabeço de Montachique, em Loures, a primavera, mesmo com a falta de chuva, é visível em cada recanto: as árvores estão cobertas de folhas; flores de todas as cores despontam um pouco por todo o lado; os insetos, as aves, os répteis e os mamíferos aproveitam os últimos raios de sol ao final da tarde.

montachique 1.jpg

 

 

06
Mai21

Campo pontuado de orquídeas

Arca de Darwin

Entre maio e julho a já nossa conhecida orquídea-piramidal (Anacamptis pyramidalis) desponta em prados totalmente expostos ao sol — é uma planta que não gosta de sombra —, chegando a alcançar densidades de várias dezenas, ou até mesmo centenas, de exemplares numa área tão pequena quanto 20 ou 30 metros quadrados.

(Tirei as fotos seguintes no Parque do Cabeço de Montachique, em Loures).

orquidea-piramidal 1.jpg

orquidea-piramidal 2.jpg

orquidea-piramidal 3.jpg

orquidea-piramidal 4.jpg

orquidea-piramidal 5.jpg

orquidea-piramidal 6.jpg

orquidea-piramidal 7.jpg

orquidea-piramidal 9.jpg

 

02
Mai18

Orquídea-piramidal ("Anacamptis pyramidalis")

Arca de Darwin

Estamos em plena época das orquídeas selvagens. A orquídea-piramidal (Anacamptis pyramidalis), também conhecida como satirião-menor, tem, como o nome indica, forma piramidal. Para orquídea, tem um tamanho considerável (principalmente em comparação com as do género Ophrys): pode chegar aos 60 centímetros de altura.A cor das flores, que são hermafroditas, varia entre o rosa e o roxo, mas também podem ser brancas.

A polinização é feita por borboletas e traças.

Esta planta da família Orchidaceae vive no centro e sul do país, em terrenos incultos com substrato calcário.