Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

04
Mar15

O Cuco inconspícuo - Uma pausa com William Wordsworth

Arca de Darwin

"(...) Thrice welcome, darling of the Spring!

Even yet thou art to me

No bird, but an invisible thing,

A voice, a mystery; (...)"

 Poema To the Cuckoo, de William Wordsworth (1770-1850)

cuckoo-1 (1024x683)

 

"(...) Três vezes bem-vindo, predilecto da Primavera!

Mesmo agora que estás comigo

Não uma ave, mas algo invisível,

Uma voz, um mistério (...)";

 

Há aves assim: raramente vemo-las, mas conhecemos o seu canto. Neste caso, o som de um cuco desperta Wordsworth (expoente máximo da poesia romântica inglesa), levando-o a recordar os caminhos que percorreu na infância atraído pelo chamamento desta ave. Poema completo, aqui.

11
Dez14

Fila para beber

Arca de Darwin

Com a chegada do Verão bandos de Cacatuas rumam ao Lake Monger, Perth, Austrália. Água não falta, mas escasseiam locais "próprios" para beber. Daí que os poucos que existem sejam bastante concorridos. Comecei por fotografar o autêntico carrossel em que estas aves se envolvem, mas depois achei que faltava o som da algazarra que o acompanha. Em baixo encontra as fotos e o pequeno vídeo que gravei.little corella

Fotos

https://www.youtube.com/watch?v=UkVYKLb39iw&feature=em-upload_owner

 

Vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=10WMMHbFJec&feature=em-upload_owner

25
Nov14

Cacatuas-pretas: banquete com vista sobre a cidade

Arca de Darwin

Perth, Austrália, é uma cidade essencialmente plana. O alto do Monte Eliza - onde fica o Kings Park - é uma das poucas excepções. Dali, os cerca de 5 milhões de visitantes que anualmente visitam o local têm vista privilegiada sobre o rio e a cidade. Se estiverem atentos também observam o bando de cacatuas-pretas-de-Carnaby que por ali se alimenta nas copas das banksias - na verdade, é difícil não reparar nelas devido ao barulho que fazem...

black cockatoo 1

black cockatoo 2 black cockatoo 3 black cockatoo 4 black cockatoo 5 black cockatoo 6 black cockatoo 7 black cockatoo 8 black cockatoo 9 black cockatoo a 10

28
Out14

Galinha-d'água: a nossa tem riscas, a deles não

Arca de Darwin

A galinha-d'água (Gallinula chloropus) é comum em Portugal. A versão australiana chama-se Dusky Moorhen (Gallinula tenebrosa). São muito parecidas, mas a plumagem desta última não tem as típicas riscas brancas nos flancos e é mais escura (daí o epíteto específico tenebrosa).

dusky moorhen 1

As patas são alaranjadas, e não esverdeadas como as da espécie portuguesa, e também têm bandas vermelhas acima das articulações.

dusky moorhen 2

Ambas medem cerca de 33 centímetros, têm crias parecidas, ocupam os mesmos habitats (pântanos, charcos, lagos, margens de rios, parques urbanos) e têm o mesmo comportamento de "galinha".

dusky moorhen 3 dusky moorhen 4 dusky moorhen 5

Na metade Sul da Austrália estamos em plena Primavera, altura em que a G. tenebrosa se reproduz.

dusky moorhen 6 dusky moorhen 7 dusky moorhen 8 dusky moorhen 9

Um aspecto curioso é que esta ave forma grupos de 2 a 7 elementos durante a época de reprodução. Várias fêmeas podem utilizar o mesmo ninho e todos os elementos do grupo incubam os ovos e cuidam das crias.

dusky moorhen a 10 dusky moorhen a 11 dusky moorhen a 12

23
Out14

Garça-branca-grande (Cromos Repetidos #6)

Arca de Darwin

O Outono e o Inverno são as melhores alturas do ano para observar a garça-branca-grande (Ardea alba) em Portugal. Não é fácil, pois a espécie é rara no nosso país, mas o número de indivíduos invernantes tem aumentado desde a década de 80.

ardea alba 1

Estuário do Douro, Ria de Aveiro, Estuário do Sado, Lagoa de Santo André e Lagoa dos Salgados são alguns locais onde a espécie ocorre. Atenção: convém não confundir com a "prima" garça-branca-pequena (Egretta garzetta), mais pequena e muito mais abundante.

ardea alba 2 ardea alba 3 ardea alba 4

De facto, enquanto esta última mede 60 centímetros de comprimento, a versão grande chega aos 90 centímetros, um tamanho que de modesto tem nada, mas alguém achou por bem baptizar assim a subespécie que existe aqui na Austrália, ou seja, Ardea alba modesta (Eastern Great Egret).

ardea alba 5 ardea alba 6 ardea alba 7

O pescoço é enorme e o seu comprimento é superior ao do resto do corpo. A envergadura das asas chega aos 1,5 metros e o corpo pesa cerca de 1 quilo.

ardea alba 8 ardea alba 9 ardea alba a 10 ardea alba a 11

ardea alba a 12

Os peixes são a principal fonte de alimento, mas também consome crustáceos, anfíbios, répteis, moluscos, insectos, aves e mamíferos - tudo o que se move, portanto.

ardea alba a 13 ardea alba a 16

12
Out14

Colhereiro - versão 3.0

Arca de Darwin

Primeiro a Arca apresentou o colhereiro português (Platalea leucorodia) e depois a versão australiana com bico amarelado (Platalea flavipes). Agora é a vez do colhereiro-real (Platalea regia) - Royal Spoonbill -, ave que também vive na Austrália.

royal spoonbill 1

O bico é mais curto do que o do seu conterrâneo, mas é mais largo na extremidade, o que permite-lhe caçar animais maiores, nomeadamente peixes.

royal spoonbill 2 royal spoonbill 3

Mede cerca de 80 centímetros de comprimento.

royal spoonbill 4

09
Out14

O bizarro "Biziura lobata"

Arca de Darwin

O nome comum, pato-almiscarado (Musk Duck), revela um dos aspectos estranhos deste animal da espécie Biziura lobata: na época de reprodução emana um odor a almíscar. Outro ponto estranho é o próprio aspecto, principalmente devido ao enorme lóbulo que os machos possuem debaixo do bico.

musk duck 1 (1024x682)

Possuem e exibem com orgulho durante a parada nupcial que, depois de muitos volteios, termina com o arremessar da cabeça para trás, acompanhado de um sonoro grasnar.

musk duck 2 (1024x687) musk duck 3 (1024x681) musk duck 3 a (1024x681) musk duck 4 (1024x682) musk duck 5 (1024x695)

A cauda pontiaguda é também uma característica rara entre os patos, a qual partilha com o pato-de-bico-azul.

musk duck 6 (1024x660) musk duck 7 (1024x682) musk duck 8 (1024x682)

Os machos são maiores do que as fêmeas: medem até 70 centímetros, enquanto que elas não ultrapassam os 55 centímetros.

musk duck 9 (1024x682) musk duck a 10 (1024x682)

É o único representante do género Biziura (havia outro na Nova Zelândia, mas apenas sabe-se da sua existência através de registos fósseis) e é endémico da Austrália.

musk duck a 11 (1024x682)

06
Out14

Boobook!

Arca de Darwin

Aos títulos de rapina nocturna mais pequena e mais abundante da Austrália, a Boobook (Ninox novaeseelandiae) pode certamente juntar o da que tem a cabeça mais desproporcionada em relação ao tamanho do corpo (que mede cerca de 30 centímetros de comprimento).

boobook 1

O nome comum - boobook - é uma onomatopeia de um dos cantos mais comuns desta ave (há quem considere que se assemelha mais a "mopoke", outro dos seus nomes comuns).

boobook 2

Existe em vários habitats, incluindo nas cidades, e alimenta-se de pequenos mamíferos, répteis e insectos.

boobook 3

Mais sobre mim

foto do autor

Siga-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D