Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

20
Fev24

Águia-de-asa-redonda ("Buteo buteo")

Arca de Darwin

aqui falei da águia-de-asa-redonda (Buteo buteo), uma das rapinas mais comum em Portugal. Entretanto consegui tirar umas fotografias que permitem ver um pouco melhor as características da espécie - infelizmente, ainda não foi desta que fotografei o peito da águia, com a sua típica banda branca em forma de meia-lua, particularmente visível nos indivíduos com plumagem mais escura.

buteo buteo 1.jpg

 

 

12
Jun20

Natureza ilustrada no Trilho da Ribeira das Vinhas, em Cascais

Arca de Darwin

O trilho da Ribeira das Vinhas fica por trás do Mercado da Vila, em Cascais. Recuperado o ano passado, permite passear a pé ou de bicicleta ao longo de 3 quilómetros que atravessam zonas de pinhal, matos e hortas. Mas o que torna único este percurso são as dezenas de pinturas da autoria do artista Tiago Hacke — realizadas em pedras ou em caixas de visita do saneamento pluvial —, que retratam espécies animais existentes no concelho, algumas das quais podem ser observadas ao longo do trilho. Todas as fotos que se seguem foram tiradas no trilho.

Melro-preto (Turdus merula)

trilho das vinhas-59.jpg

Coelho-bravo (Oryctolagus cuniculus)

trilho das vinhas-6.jpg

trilho das vinhas-1-2.jpg

 

 

 

 

27
Abr13

Águias em Lisboa

Arca de Darwin

Mais uma vez o Vasco Valadares teve a gentileza de partilhar as suas fotos com a Arca. Desta vez captou o intrincado bailado de duas águias-de-asa-redonda (Buteo buteo) sobre a Calçada de Carriche, no Lumiar, em Lisboa. Provavelmente trata-se de uma águia residente a impor respeito a um visitante, e não um ritual de acasalamento.

Águias-de-asa-redonda (Buteo buteo), Lumiar. Fotos: Vasco Valadares

 

28
Ago12

Rapina todo-o-terreno

Arca de Darwin
A águia-de-asa-redonda (Buteo buteo), também conhecida por bútio, é uma das aves de rapina mais comuns (mais de 2.000 casais) e mais fáceis de observar de norte a sul do país (nos Açores existe a subespécie B. b. rothschildi e na Madeira a B. b. harterti). Para tal, basta que esteja com atenção aos postes de cercas, de electricidade e de iluminação junto às estradas, locais onde ela poisa com frequência. Encoste, baixe o vidro, mas não saia do carro, ou ela voará para longe. Foi o que aconteceu no fim-de-semana passado, quando tirei a foto em baixo. Não baixei o vidro, no entanto, quando parei o carro não reparei que o bicho estava em contraluz. Por isso avancei mais uns metros, mas o barulho do motor afugentou-o.

Mede cerca de 50 centímetros de comprimento e 100 a 125 centímetros de envergadura. A plumagem varia entre o claro e o escuro. Quando é escura, a espécie distingue-se facilmente por ter no peito uma banda branca em forma de colar.Ocupa diversos habitats, da planície à montanha, e constrói o ninho em árvores ou em buracos nas rochas. Para caçar prefere terrenos abertos, onde captura pequenos mamíferos, répteis e aves.

Mais sobre mim

foto do autor

Siga-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D