Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

12
Jun20

Natureza ilustrada no Trilho da Ribeira das Vinhas, em Cascais

Arca de Darwin

O trilho da Ribeira das Vinhas fica por trás do Mercado da Vila, em Cascais. Recuperado o ano passado, permite passear a pé ou de bicicleta ao longo de 3 quilómetros que atravessam zonas de pinhal, matos e hortas. Mas o que torna único este percurso são as dezenas de pinturas da autoria do artista Tiago Hacke — realizadas em pedras ou em caixas de visita do saneamento pluvial —, que retratam espécies animais existentes no concelho, algumas das quais podem ser observadas ao longo do trilho. Todas as fotos que se seguem foram tiradas no trilho.

Melro-preto (Turdus merula)

trilho das vinhas-59.jpg

Coelho-bravo (Oryctolagus cuniculus)

trilho das vinhas-6.jpg

trilho das vinhas-1-2.jpg

 

 

 

 

04
Dez12

Carriça: mini-troglodita

Arca de Darwin
A carriça (Troglodytes troglodytes) é das mais pequenas aves da nossa fauna – mede 10 centímetros de comprimento. Apesar do tamanho diminuto, alguém achou apropriado baptizá-la duplamente de Troglodytes. O que é estranho, pois “troglodita” remete-me para um brutamontes de uma qualquer novela dos anos 80 (seria um personagem interpretado por Alexandre Frota?).

A justificação prende-se com o comportamento deste passeriforme que, à semelhança dos trogloditas (habitantes das cavernas), entra em pequenos buracos em busca de alimento, movendo-se no solo com a agilidade de um ratito. Ainda assim, o nome não convence (quando muito Troglodytes “infimus” ou Troglodytes “minimus”...).

Apesar do tamanho, o canto da carriça é bastante forte. Outra característica peculiar deste bicho é a posição da cauda, em ângulo quase recto face ao dorso.É uma espécie residente, que habita zonas com vegetação rasteira e presença de água.