Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

22
Fev20

Periquito-de-colar versão AZUL

Arca de Darwin

Ao longo dos últimos 40 anos o periquito-de-colar (Psittacula krameri) tornou-se uma espécie comum nos parques e jardins de Lisboa e os alfacinhas já se habituaram à presença desta barulhenta espécie exótica de plumagem verde e bico vermelho.

Aqui na Arca também já falámos do periquitão-de-cabeça-azul (Aratinga acuticaudata), outra espécie exótica que também vive em liberdade em Lisboa, e que também o corpo verde, mas é ligeiramente mais pequeno e tem a cabeça azul. Anteontem, quando estava perto da janela da sala, fui surpreendido pelo chamamento estridente típico do periquito-de-colar.

Eles costumam passar por aqui a voar, mas o mais perto que os vi pousar foi a algumas dezenas de metro, num eucalipto. Desta vez, o som indicava que o animal estava muito próximo. De facto, estava mesmo ao lado na janela do vizinho, pousado na caixa do estore. Para minha surpresa, o bicho era igual a um periquito-de-colar, mas era azul.

Pelo que entretanto li, há várias mutações que ocorrem no Psittacula krameri (veja-as aqui) e que produzem uma gama muito variada de cores, surgindo indivíduos azuis, mas também completamente amarelos e até albinos. (Este indivíduo tem uma anilha e talvez tenha fugido de uma gaiola.)

 

10
Dez18

O exótico pato-mudo ("Cairina moschata")

Arca de Darwin

É feiinho, e inconsistente: quase que parece que não existem dois indivíduos iguais. Pertence à espécie Cairina moschata e tem vários nomes-comuns: pato-mudo, pato-crioulo, pato-argentino, pato-selvagem, pato-do-mato...

É um frequentador habitual de parques e ribeiras. Em Odivelas, por exemplo, encontram-se alguns espécimes na ribeira do jardim Rio da Costa, provavelmente provenientes de um dos quintais adjacentes.

Não encontrará o pato-mudo nos guias de aves mais conhecidos, dado que se trata de uma espécie exótica e domesticada. Este bicho, oriundo da América Latina, já era domesticado muito antes da chegada dos europeus ao Novo Mundo, e é o ancestral dos patos domésticos desse continente.

Diz que a carne é mais saborosa e macia do que a dos outros patos domésticos: os descendentes do nosso pato-real (Anas platyrhyncos). Outra vantagem desta espécie é, tal como o nome indica, o silêncio: o pato-mudo raramente grasna (só em situações de grande stress), pelo que é um vizinho bem mais atencioso.

Tantos séculos de domesticação explicam a inconsistência do aspecto do pato-mudo: verrugas vermelhas em torno dos olhos de dimensões variáveis; plumagens que variam entre o quase todo preto e o branco (a variedade branca foi seleccionada por ter uma carne visualmente mais apelativa).

Os machos medem cerca de 86 cm e pesam entre 4,5 e 6,8 kg. As fêmeas são mais pequenas: 64 cm e entre 2,7 e 3,6 kg.

Os 3 patos nestas fotografias andavam a passear na Lagoa Azul, em Sintra.

09
Jun15

Borboleta da sardinheira - uma espécie "nova" em Portugal

Arca de Darwin

Existe em Portugal há mais ou menos 15 anos. Originária da África do Sul, a exótica borboleta-do-gerânio (ou borboleta-da-sardinheira) - Cacyreus marshalli - terá entrado na Europa em 1990, à boleia de um carregamento de gerânios com destino a Espanha.

borboleta geranio 1

Entretanto já estendeu a sua área de distribuição a outros países da Europa, como Grécia, França, Alemanha e Reino Unido. A este último terá chegado em 1997, mais uma vez à boleia de um carregamento de gerânios, mas desta vez oriundo de Portugal ou de Espanha.

borboleta geranio 2

É uma borboleta pequenita: os machos medem entre 15mm e 23mm e as fêmeas, ligeiramente maiores, entre 18mm e 27mm de envergadura. A parte superior das asas é castanha-escura.

borboleta geranio 3

17
Ago14

Rola pintalgada ("Streptopelia chinensis")

Arca de Darwin

Pertence ao mesmo género e é parecida com a nossa rola-comum, mas em vez de riscas pretas em fundo branco tem pintas no pescoço. São estas pintas que lhe dão o nome: Spotted Dove - rola pintalgada - (Streptopela chinensis).

spotted dove 1

Exótica na Austrália, é mais uma espécie introduzida pelo Zoo de Perth no final do século XIX, mas também ocorreram libertações de aves noutros locais da Austrália.

spotted dove 2

Mede cerca de 30 centímetros.

spotted dove 3