Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

15
Dez14

"Variety Place" - um parque infantil muito especial

Arca de Darwin

Encontrei o Variety Place por acaso e foi uma muito agradável surpresa. Adjacente ao Kings Park, há várias razões para gostar deste parque infantil. Desde logo porque é acessível a crianças com mobilidade reduzida. Depois, pelo uso de materiais naturais, muitos deles reaproveitados.

variety place 1

Por último, o destaque dado à Natureza através das esculturas de animais (principalmente insectos) e plantas, da autoria de Nic Compton. As esculturas são fantásticas e não servem apenas de decoração: algumas são autênticos brinquedos; outras servem, por exemplo, de bancos.

variety place 2 variety place 3 variety place 4

Assim, é impossível que as crianças não queiram saber mais sobre aqueles bichos e plantas com que brincam, o que fará com que os pais também "tenham" que aprender.

variety place 5 variety place 6 variety place 7

O parque ainda cheira a novo: foi inaugurado em Agosto deste ano e a sua construção foi possível graças à organização de solidariedade Variety WA - The Children Charity.

variety place b 1 variety place b 2 variety place b 3

Na verdade o parque foi re-inaugurado, já que data de 1974. Nessa altura foi construído por Ernst Wittwer, superintendente do Kings Park, que utilizou apenas materiais naturais.

variety place 8 variety place 9 variety place a 10 variety place a 11 variety place a 12 variety place a 13 variety place a 14 variety place a 15 variety place a 16 variety place a 18 variety place a 19

25
Nov14

Cacatuas-pretas: banquete com vista sobre a cidade

Arca de Darwin

Perth, Austrália, é uma cidade essencialmente plana. O alto do Monte Eliza - onde fica o Kings Park - é uma das poucas excepções. Dali, os cerca de 5 milhões de visitantes que anualmente visitam o local têm vista privilegiada sobre o rio e a cidade. Se estiverem atentos também observam o bando de cacatuas-pretas-de-Carnaby que por ali se alimenta nas copas das banksias - na verdade, é difícil não reparar nelas devido ao barulho que fazem...

black cockatoo 1

black cockatoo 2 black cockatoo 3 black cockatoo 4 black cockatoo 5 black cockatoo 6 black cockatoo 7 black cockatoo 8 black cockatoo 9 black cockatoo a 10

22
Nov14

Ervilha do Deserto - o símbolo da Austrália do Sul

Arca de Darwin

Formosa de aspecto e de "apelido", a ervilha-do-deserto-de-Sturt (Sturt's Desert Pea) - Swainsona formosa - destaca-se pelo vermelho vivo das pétalas, que contrasta com o centro preto.

sturt's desert pea 1 (683x1024)

O deserto de Sturt fica no Norte da Austrália do Sul, mas a planta existe em regiões áridas de toda a Austrália, excepto no Estado de Victoria. No entanto, é na Austrália do Sul que a Ervilha-do-deserto é mais acarinhada. Além de figurar no brasão, a espécie é protegida - ainda que não esteja ameaçada - e necessita-se de licença para colhê-la na Natureza.

sturt's desert pea 2 (1024x683)

desert pea

Como adaptação à vida no deserto as sementes resistem à secura durante vários anos, até que encontrem condições favoráveis para germinar.

sturt's desert pea 3 (683x1024) sturt's desert pea 4 (1024x683)

Por falar em sementes, a Swainsona formosa é uma das plantas com lugar reservado no Banco de Sementes dos Jardins Botânicos de Kew, no Reino Unido.

sturt's desert pea 5 (1024x682)

A flor mede cerca de 9 centímetros.

sturt's desert pea 6

21
Nov14

A imagem que faltava

Arca de Darwin

Neste post sobre as flores pata-de-canguru referi que são polinizadas por comedores-de-néctar, "em particular por wattlebirds (aves com penduricalhos na face). O wattlebird “enfia” a cabeça na flor para alcançar o néctar. Quando retira a cabeça, arrasta-a ao longo dos tais “deditos” e fica com uma “pata de canguru” desenhada na cabeça."

Neste outro apresentei o wattlebird, que ontem fotografei "com a boca na botija".

wattlebird_kangaroo paw-2 (1024x767)

05
Nov14

Arbusto que dá "lã"

Arca de Darwin

A característica mais curiosa do arbusto conhecido por cauda-de-cordeiro (Lambs' Tails) - Lachnostachys verbascifolia - não se vê nas fotografias: observa-se tocando. E quando se toca a sensação é de tactear uma  pedaço de lã.

lambs tails 1

lambs tails 2

Este arbusto que mede cerca de 1,2 metros é endémico da Austrália Ocidental, tal como outras cinco espécies que pertencem ao mesmo género.

lambs tails 3

19
Out14

16 (+1) maneiras de ser Pata de Canguru

Arca de Darwin

A primeira vez que vi uma destas flores foi num jardim privado. Fotografei-a porque gostei da cor, da forma e do aspecto aveludado. A segunda vez foi num jardim botânico onde, através das habituais placas de identificação, soube que se chamava Pata-de-Canguru (Kangaroo Paw).

kangaroo paw 1

A planta que estava identificada não era exactamente igual àquela de que me lembrava ter encontrado num jardim. Olhei-a de vários ângulos tentando descobrir qual das partes "seria" a pata de canguru. Como quem procura rostos em nuvens, encontrei a cabeça de um canguru, mas fiquei na dúvida quanto à pata: seriam só aqueles dedinhos na extremidade da flor? Seria a flor no seu todo?

kangaroo paw 2 kangaroo paw 3

No dia da visita ao Kings Park (Perth, Austrália) cheguei antes da hora marcada, pelo que dei um pequeno passeio. Num curto espaço de tempo encontrei quatro ou cinco flores baptizadas de Kangaroo Paw - umas amarelas, outras vermelhas ou verdes ou cor-de-laranja.

kangaroo paw 4 kangaroo paw 5 kangaroo paw 6 kangaroo paw 7

As descrições desta planta que encontro na net referem que deve o nome aos tais deditos e à forma curva da flor. Mas a história não fica por aqui.

kangaroo paw 8

Uma das horticultoras do Kings Park explicou-me que as flores são polinizadas por aves, nomeadamente por "comedores de néctar"  (honeyeaters), como este e este, em particular por wattlebirds (aves com penduricalhos na face). O wattlebird "enfia" a cabeça na flor para alcançar o néctar. Quando retira a cabeça, arrasta-a ao longo dos tais "deditos" e fica com uma "pata de canguru" desenhada na cabeça.

wattlebird

kangaroo paw a 10

Há 16 espécies de pata-de-canguru endémicas da Austrália Ocidental e pertencentes ao género Anigozanthos. E há mais uma, a pata-de-canguru-preta (Black Kangaroo Paw), que pertence ao género Macropidia e que também é endémica desta região.

black kangaroo paw

A "versão" preta é a menos resistente. Já as espécies do género Anigozanthos são muito usadas como plantas ornamentais na decoração de jardins.

kangaroo paw a 11

Neste género há versões de vários tamanhos: da pata-de-canguru-anã (Dwarf Kangaroo Paw), com 30 centímetros de altura, à pata-de-canguru-vermelha-grande (Big Red Kangaroo Paw), com 2 metros.

kangaroo paw a 12 kangaroo paw a 13

05
Out14

O que dizem os nomes da Ervilha Chama Azevinho?

Arca de Darwin

O arbusto Ervilha-chama-azevinho (Holly Flame Pea) - Chorizema ilicifolium - produz flores mínimas - com cerca de 15 mm -, mas bastante vistosas. As pétalas cor-de-laranja e rosa-avermelhado lembram uma chama, semelhança responsável pelo nome comum.

holly flame pea 1

O nome científico conta outras histórias. O género, Chorizema, vem das palavras gregas chorus e zema, ou seja, "dança" e "alimento", aparentemente porque a presença desta planta significava que existia água nas proximidades, o que era boa notícia.

holly flame pea 2

O epíteto específico refere-se às folhas e não às flores: ilicifolium - folhas que se assemelham às do género Ilex, palavra que significa azevinho.

holly flame pea 3

Há cerca de 18 espécies deste género na Austrália Ocidental e todas são endémicas, ou seja, existem apenas nessa região.

holly flame pea 4