Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

17
Fev19

Estrelícia: a flor da rainha

Arca de Darwin

Por cá, a estrelícia é muito associada à ilha da Madeira, mas esta flor sul-africana é comum em muitos parques e jardins urbanos. A estrelícia também é conhecida por ave-do-paraíso devido à semelhança entre a sua flor e as penas laranjas de uma das espécies de "aves do paraíso".

De onde vem o nome "estrelícia"? A resposta imediata é que vem do nome científico, Strelitzia reginae, mas este tem uma história um bocadinho mais demorada.

Sophia Charlotte, duquesa de Mecklenburg-Sterlitz, nasceu a 19 de Maio de 1744 na Alemanha. Com 17 anos casou com o rei Jorge III e tornou-se rainha da Grã-Bretanha e da Irlanda.

O rei não jogava com o baralho de todo, de modo que Charlotte costumava refugiar-se nos Reais Jardins Botânicos de Kew, hoje mais conhecidos por Kew Gardens ― um dos mais reputados centros de botânica do mundo e que alberga o Banco de Sementes do Milénio.

Charlotte, além do seu gosto pela música (até cantou acompanhada ao piano por... Mozart, quando este tinha 8 anos), começou a interessar-se pela botânica e contribuiu para a expansão da colecção de espécies de Kew, muitas das quais chegavam através das viagens de exploradores como James Cook e Joseph Banks.

Foi Banks que em homenagem à rainha baptizou a estrelícia, então conhecida por ave-do-paraíso, de Strelitzia reginae (reginae significa rainha em latim).