Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

23
Mar14

Cromos repetidos (#1) - Perna-longa

Arca de Darwin
A Natureza desconhece fronteiras políticas. Migrações, dispersão natural e introduções pela mão humana levam a que muitas espécies sejam comuns a vários países. É o que acontece com Portugal e Austrália. Apesar da distância, aqui e ali surgem seres que via em Portugal e que agora reconheço em terras australianas. O primeiro destes "Cromos repetidos" é o perna-longa (Himantopus himantopus) - conhecido na Austrália por Pied ou White-headed Stilt -, ave fácil de observar nos estuários portugueses.perna-longa 1

perna-longa 8 perna-longa 7 perna-longa 6 perna-longa 5 perna-longa 4 perna-longa 3 perna-longa 2

 
05
Jan14

Espadim-azul e Espadim-branco (Selos - Portugal)

Arca de Darwin
2004. WWF, Açores, Portugal. 

Espadim-azul (Makaira nigricans), também conhecido por marlim-azul, espadarte-azul, agulhão e agulhão azul, peixe que chega a pesar mais de 800 quilos. Espécie ameaçada, classificada de Vulnerável.

Espadim-branco (Tetraplurus albidus), também conhecido por agulhão, agulhão-branco, bicuda e espadarte-meca. Pesa entre 20 e 30 quilos. Espécie ameaçada, classificada de Vulnerável.