Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arca de Darwin

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

"Look deep into nature, and then you will understand everything better", Albert Einstein

Arca de Darwin

09
Abr15

Bairro da Graça, Violant e Florbela Espanca

Arca de Darwin

Esta peça de João Maurício (a.k.a. Violant) insere-se no projecto Passeio Literário da Graça, de 2014, que tem como objectivo homenagear e mostrar a obra de escritoras com ligação àquele bairro da capital e, ao mesmo tempo, intervir na paisagem urbana. As escritoras são: Natália Correia, Angelina Vidal, Sophia de Mello Breyner Andresen e Florbela Espanca.

violant - tree of knowledge-2 (683x1024)

A "Tree of Knowledge" de Violant situa-se na R. Natália Correia, mas os versos que escorrem nas páginas do cogumelo do conhecimento são de Florbela Espanca:

violant - tree of knowledge-5 (1024x616)

 "E o meu coração que tu não sentes,

 Vai boiando ao acaso das correntes,

 Esquife negro sobre um mar de chamas...",

do poema Frémito do meu corpo a procurar-te

violant - tree of knowledge-4 (683x1024)

"Árvores! Não choreis! Olhai e vede:

- Também ando a gritar, morta de sede,

 Pedindo a Deus a minha gota de água!",

do poema Árvores do Alentejo

violant - tree of knowledge-7 (1024x683)